quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Os rótulos na educação

Expressões do tipo "Professor ganha bem" ou "Professor sabe tudo", "Brasileiro é mal educado", "O bom professor tem que ser bravo", entre inúmeros outras, refletem um tipo de conhecimento pouco profundo, na maioria dos casos adquiridos ocasionalmento no cotidiano, sem uma busca séria e reflexiva...

Porque rotulamos sempre? Quais rótulos você faz? Em sala de aula cuidamos para não rotular nossos alunos?

Observe a imagem e pense em alguns rótulos relacionados à educação e coloque nos comentários.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

O ensino de ciências, as mídias e o senso comum

"A mídia e o senso comum influenciam os alunos com uma força muito maior do que a influência escolar se os professores não conseguem desmistificar e retirar completamente os equívocos que esses conceitos populares podem conter".


Esse trecho faz parte de uma pesquisa realizada pela FAETEC/RJ.

A pesquisa também aponta que "Para que o professor consiga desmistificar as idéias lançadas pela mídia, nada melhor do que fazer uso de reportagens da mídia em sala de aula, e desvelar para seus alunos o que têm de verdade, o que têm de especulação, e o que têm de inverdade nas reportagens. Neste caso, o recurso audiovisual também é de grande valia".

O Referencial Curricular da Educação Básica da Rede Estadual de Ensino/MS, área de Ciências - Ensino Fundamental, apresenta o tema: Ciência, Tecnologia e Sociedade a partir do 3º ano (sendo no 1º e 2º ano denominado A criança e a ciência no seu cotidiano). O objetivo do tema é abordar desde as séries iniciais os conceitos científicos, ideia defendida pela Universidade de Passo Fundo em sua pesquisa, O Ensino de Ciências Físicas nas séries iniciais: "...discutir com as crianças tais questões proporcionará que no futuro se forme uma sociedade que seja capaz de entender e respeitar a natureza, além de contribuir para desmistificar a física e aproximar os estudantes desta ciência..."

Uma pesquisa da USP também enfoca a necessidade de "apresentar aos alunos, desde o início de sua escolarização, as disciplinas científicas integradas, em debates em torno de um mesmo tema em que cada qual, com sua especificidade, traga seu olhar e seus fundamentos, além de apresentar as Ciências como uma construção humana em que conversas e controvérsias são condições para o estabelecimento de um novo conhecimento. Acreditamos que, para isso, seja necessário promover momentos em que os alunos possam participar de discussões relacionadas ao conhecimento científico e às inovações tecnológicas às quais têm acesso e aos problemas ambientais que afligem o mundo, seu próprio futuro e o do planeta. "

Leituras interessantes sobre o assunto:
Reflexão: O que separa a ordem científica da ordem do senso comum? Apresentar os conceitos científicos desde a educação infantil e séries iniciais, seria este o caminho de superação da influência negativa das mídias e do senso comum na aquisição do conhecimento?

Fonte da imagem: Filosofia do Colégio Único

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Quantos quilos você pesa?

"Vários trabalhos têm mostrado a importância de o professor conhecer e utilizar a 'ciência das crianças' dos seus alunos, formada na vida e trazida para a escola. Queremos mostrar como a 'ciência dos professores' por nós detectada em vários temas, ao ter tantos pontos em comum com a 'ciência das crianças', pode estar reforçando esta última, além de poder ser uma das causas do estado atual do ensino de ciências, que é apenas de nomenclaturas, pouco profundo e conceitualmente não paralelo à 'ciência dos cientistas'." [Queiroz, G. e Azevedo, C. A.]

Por muitas vezes escutamos crianças, adolescentes e adultos proferindo conceitos "científicos" de maneira deturpada, o que é particularmente esclarecido nesse trecho dos autores, quando apresentando a possibilidade de tal erro estar na transmissão e difusão da ciência por parte dos professores.

Um dos exemplos clássicos;
- Quantos quilos você está pesando Maria?
- 49 kg, Lívia e você?
- Ontem me pesei, e a balança mostrou 47,630 kg.

Nessa tirinha, Garfield demonstra que aprendeu os conceitos:


Nós sabemos que Peso não é Massa.
Das diferenciações mais frequentes apresento:

1) Peso de um corpo é a resultante da atração da gravidade sobre esse corpo (força) , enquanto massa de um corpo é a quantidade de matéria desse corpo. Na verdade, definir massa como quantidade de matéria não é adequado. "Quantidade de Matéria" é uma grandeza distinta, cuja unidade SI é o mol.

2) Massa é uma propriedade geral da matéria. Não muda se o corpo mudar de lugar no universo. Massa é a quantidade de matéria de um corpo. Já peso, não é uma propriedade geral da matéria. Vai depender da gravidade. Muda se um corpo mudar de lugar no universo. Peso é uma relação entre a massa e a gravidade.

3) Aula disponibilizada no Uol Educação: "Descubra as diferenças entre esses conceitos".

Qual delas é mais facilmente difundida? E a ideal?

É comum ouvirmos esse tipo de diálogo nas ruas, nas salas, nos trabalhos e em exposição de contéudos...

O que faz nós professores de ciências e biologia proferirmos esses "erros conceituais"? Seriam vícios?

Talvez, o que penso ser fundamental é apresentar os conceitos corretamente desde a Educação Infantil para que no decorrer do ensino a criança vá aperfeiçoando e assim somando definições e palavras aos conceitos já apresentados. Percebo alunos no Ensino Médio tendo que reestruturar seus pensamentos científicos, conceitos físicos e do cotidiano por que lhe foram apresentados de maneira imprópria, talvez com o intuito de facilitar a transmissão do conteúdo.

Qual sua posição acerca da confusão entre Massa e Peso?

Toda definição é válida?

Será que não são confusões como essa que banalizam o ensino de ciências, especificiamente a física? E com isso afasta nossos alunos das áreas exatas?


#FicaDica
Aula 1
Aula 2 - Portal do Professor
Vídeo - Ensino Física com Química
Animação - Peso, Massa e Gravidade

Fonte da Imagem: Ensino Física com Química

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

A Cúpula da Terra

A Conferência das Nações Unidas pelo Meio Ambiente e Desenvolvimento também conhecida como Rio 92 ou Cúpula da Terra, resultou na criação de alguns documentos:

Esta conferência foi um marco na história da humanidade, pois simbolizou o momento em que grande parte dos líderes do planeta reconheceram o impacto das mudanças climáticas sobre a sociedade e incorporaram os princípios sociais à educação ambiental.

Incentive seus alunos a reconhecerem a importância que eles exercem na comunidade, incentive a fazerem a diferença, a não desistir de lutar pelo ambiente equilibrado e por uma sociedade justa, para que não sofram as consequências na fase adulta.

#Vale a pena: O vídeo abaixo mostra uma adolescente que visitou algumas favelas do Brasil e cobra mudanças dos chefes de Estado. Pode servir de incentivo aos jovens da mesma idade.

TRUE BLOOD

Estou começando a segunda temporada do seriado de True Blood… o que me vem agora é a palavara ADMIRAÇãO!
OK, sou fã de vários seriados, mas este me pegou…Assisti a primeira temporada em 03 dias…Quem não assistiu não vai entender o resto do post…Pode parar e volte daqui há 03 dias…hehehhe.
Reflexões sobre o que vi nesses três dias:
- mas e o amor pelo que vc não pode ter?
- o proibido?
- o que a mocinha não faz para subverter a cidade...
- ela subverteu e aceitaram…Mas têm as consequências


E aqui vai um pensamento…Quem nunca fez algo que era fora do “padrão”?
Somos bons filhos, bons maridos, boas mães, bons empregados, bons amigos, bons atendentes, bons…Mas tem uma regra que você quebra!
Lembra da regra que você quebrou!
Quando foi a primeira vez que você fez algo do contrario e fugiu da regra?
Enfim, o interessante é captar a mensagem e fazer dela uma coisa boa.
Alan Ball criador da série, está além….Ele passa MUITAS mensagens: vida, morte, bem, bom, mau, mal, feio, bonito, ida, volta, saudade, reencontro, verdade, mentira…E você leitor do blog, vai ficar sem reação ou bateu um deja vù.

Ou você:
- prova o diferente, o que parece interessante!?
- fica na peça criada por alguém e que é bela!?
- fica na caipirinha sem gelo, perto de um cinzeiro sem fogo e sem nada para acender.

Estamos em um TRUE BLOOD!


E para nós professores, será que fizemos as escolhas certas ou erradas? Com relação aos nossos alunos, estamos incentivando-os para as decisões da vida? Somos modelos bons ou ruins?


domingo, 25 de outubro de 2009

Links da Semana


CURIOSIDADES
Fakes, fakes e fakes
Língua detecta carbonação e acidez com mesmo receptor
Consumo diário de café retarda doenças do fígado, diz estudo
Tatuagem e acupuntura podem precisar de prescrição médica


CHARGES
Utilizando o google
O jacaré do pantanal que ainda não virou couro
O inacreditável
Da natureza das tirinhas


IMAGENS
30 imagens inacreditáveis de insetos
Natureza morta
Natureza
Mãe a gente só tem duas
Liberdade


INTERESSANTES
Nasa acha molécula orgânica em planeta fora do Sistema Solar
Micro-organismos são coadjuvantes na extração de petróleo
Cientistas da USP estão desenvolvendo vacina contra Aids
Cordão umbilical gera neurônios, afirma pesquisa da USP
Pessoas saudáveis que tomam antidepressivo ficam menos irritadas


POLÊMICOS
WWF pede que Lula atue pelo sucesso de reunião da ONU
Polícia Rodoviária encontra provas do Enade em carro


SITES/BLOGS
Marcos Cordiolli
Conceito Ecológico
Desenvolvimento Sustentável
Planeta Agora
Estudando


BANNER




TECNOLOGIA
Rede usa computadores pessoais para pesquisa sobre vida artificial
Usando o twitter no Google Wave
Estudo aponta que blogueiros começam a ganhar dinheiro


TWITTER
Infoescola
Fiscais
ECOTV


SUSTENTABILIDADE
As crianças podem fazer a diferença
A produção de resíduos é inerente à condição humana e inexorável.
Aquecimento ameaça recifes de coral do mundo inteiro...Veja


VÍDEOS
Sanitário Seco - Húmus Sapiens
O que é software livre
A história das coisas
Casal de ciclistas casa durante passeio com bicicletas

Fonte da imagem: Prof. Marcelos Plens

Dificuldades do Ensino Médio


O Ensino Médio precisa superar algumas dificuldades que ultrapassam a preparação do indivíduo para o mundo do trabalho e a continuidade dos estudos. É necessário que se ofereça uma formação cidadã nos aspectos político, social, econômico e ambiental, que orientem adolescentes, jovens e adultos para realização de suas escolhas e colaborem também para que esse público sinta-se parte integrante da sociedade, desenvolvendo-se com ela.

A fragmentação do conhecimento, por meio de disciplinas, é uma dificuldade que há muito tentamos superar com a interdisciplinaridade, mas ainda caminhamos a passos lentos até mesmo por que a formação profissional docente é pautada na especificidade. Assim, a proposta de se procurar contextualizar os conhecimentos sistematizados com a relalidade tem sido esforço relevante para superar tal dificuldade.

Temos ainda o problema da falta de professores para atuar em algumas disciplinas específicas do ensino médio, bem como, a formação deficitária oferecida a esses profissionais, o que colabora ainda mais com a fragilidade nesta etapa de ensino.

Outra superação necessária, diz respeito à dificuldade de absorver as novas tecnologias de informação e de comunicação (TIC'S) voltadas para a educação, como por exemplo, o uso adequado do computador como ferramenta na prática pedagógica e outros recursos que podem ser usados como apoio ao processo de ensino e de aprendizagem.

Oferecer aos professores formações continuadas e subsídios é uma medida inevitável para o governo que deseja despontar nessa área, dada a naturalidade com a qual o mundo vem absorvendo a globalização e as novas tecnologias.

Os Estados Brasileiros estão realizando nos meses de outubro e novembro, discussões afim de elencar propostas para a Conferência Nacional de Educação, prevista para abril de 2010, em Brasília, evento de extrema relevância, uma vez que, a partir dele, novos rumos serão tomados para uma significativa mudança no quadro da educação, e espera-se que o ensino médio possa ser melhor delineado na sua função social e que haja melhoria na qualidade de ensino em todo país.


_________________
Bióloga Vaneide Araújo

Fonte Imagem: BrunaBill

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Internet segura...Isso existe?

Participei recentemente do Ciclo de Palestras com o tema Internet Segura e gostei muito do que foi discutido, particularmente da palestra da diretora de comunicação da SaferNet Brasil, Daniela Silva, com o tema: “Crianças e Adolescentes: a importância do uso responsável da Internet”.

Segundo Daniela, aproximadamente 70 milhões de brasileiros acessam diariamente a internet, dentre eles mais de 6 (seis) milhões são crianças/adolescentes e 68% (idade de 10 a 15 anos) acessam em lan houses. Os riscos que ela abordou no uso da internet por estas crianças e adolescentes: vício, aliciamento online, invasao de privacidade, acesso a conteúdo impróprio, sexting e ciberbullying.

Disse que no Brasil o vício ainda não é mensurado, mas que em alguns países como a China há registro de 4 (quatro) milhões de viciados e que já é um problema de saúde pública por lá.

Crianças/adolescentes não visualizam a internet como espaço público e demonstram uma subjetivação no ciberespaço, ou seja, tem uma falsa sensação de anonimato, vivenciando na internet atitudes que não teriam na vida real.

"Prevenção, educação e mobilização - o problema não é a tecnologia, não adianta proibir. Sermos educadores do internauta e não competir nem sermos especialistas em internet. Compreender e 'ficar de olho' em como as crianças/adolescentes usam as tecnologias" afirmou Daniela.

Para nós professores este assunto é muito importante, pois estamos em contato direto com crianças e adolescentes. Como podemos ajudar no combate aos crimes cibernéticos?

Daniela faz parte da Safernet Brasil, uma associação civil sem fins lucrativos e econômicos, sem vinculação político-partidária, religiosa ou racial, fundada em 2005 que criou e mantém a Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos desde 2006, é operada em parceria com o Ministério Público Federal.

A área de Prevenção da SaferNet neste portal já disponibiliza uma Cartilha com dicas de segurança e proteção, Glossário com termos indispensáveis para entender os perigos na rede, Guia de Netiqueta com orientações sobre boas maneiras nas relações virtuais e noções básicas de Direitos Humanos na Internet.

Outros textos interessantes sobre segurança na rede:
Reflexão:


quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Trabalho Escolar

video


Qual a importância do trabalho escolar?

Nós sabemos que esse tipo de metodologia é importante e também caminha para uma estratégia de avaliação com caráter auto-didata, já que o estudante tenderá a criticar, questionar, resumir e transcrever o que foi pesquisado...

Porém... O que recebemos são textos impressos de sites não confiáveis, ou com informações duvidosas. E também textos manuscritos, mas puramente copiados de livros e revistas.

Será que o estudante aprendeu algo? Será que utilizou seu tempo corretamente?

Alguns defendem que sim, o simples fato de estar copiando, faz com que o garoto fixe e dessa maneira grave, mesmo que momentaneamente o conteúdo.

Outros teóricos, criticam ferrenhamente essa estratégia, garantindo a contextualização e não a fixação...

E nós? O que pensamos?

Abrir mão dos trabalhos escolares é uma tarefa difícil e questionável...
Sendo assim precisamos encontrar estratégias que transformem os trabalhos escolares atrativos, educacionais e dignos de aprendizado para os estudantes desse milênio.

Uma possível alternativa é introduzir um novo tópico - contribuição do estudante - na organização do trabalho. Nesta contribuição o estudante irá relatar onde e como utilizará o conteúdo apresentado...

Claro que isso não é uma regra, e sim uma possível alternativa... que pode ser adaptada.

E você professor, que técnicas utiliza para tornar o trabalho escolar mais eficaz?

#FicaDica:
Como elaborar um trabalho escolar

Fonte Vídeo: Youtube
Fonte Imagem: Dreamstime

Assim caminha a humanidade...

...ignorando a calamidade.


Esta frase é vencedora da interativa do Blog Action Day 2009 e é de autoria do Jonas - @jonasimoes

sábado, 17 de outubro de 2009

Ensaio Sobre a Cegueira

Hoje vou comentar um pouco sobre o filme Ensaio Sobre a Cegueira do brasileiro Fernando Meirelles baseado na obra de José Saramago que no meu ponto de vista é um soco no estômago, pois nos faz refletir sobre como nós seres humanos reagimos diante de algo inusitado, algo novo. Ele nos mostra a desconstrução do homem, esse mesmo homem que se diz “civilizado”.

O filme nos mostra que inicialmente alguns cegos isolados pela doença, conseguem se organizar, e assim, o poder, a obediência, a ganância, o carinho, o desejo, a vergonha e outras características do ser humano vão se destacando.

O sentimento, a ação e a atitude de cada indivíduo passam a ser suas identidades, pois os personagens não tem nomes. Este mundo não distingue os animais, pois os racionais passam a se guiarem mais pelo instinto. O mundo tende a extinção.

Inexplicável é a imunidade da mulher do médico, parecendo que sua bondade, sua preocupação com o marido, mesmo convivendo entre os cegos sem medo de cegar, a impede de ficar cega. Mas a solidariedade da mulher do médico estende-se, ainda, àqueles de convívio mais restrito, sendo verdadeiro anjo de guarda dos que dividem com ela a enfermaria do hospício abandonado em que são confinados os primeiros a contrair o mal.

Tem vários pontos do filme muito interessantes, algumas peculiaridades que estão presentes durante o filme, como citei acima: os personagens não tem nomes, o porquê da mulher do médico não ficar cega e a brancura das imagens que em certos momentos incomoda.

Nessa semana em que se discutiu muito sobre mudanças climáticas, fica uma dica de um filme que não fala sobre mudanças climáticas especificamente, mas mostra como alguns seres humanos reagiriam diante de mudanças, diante do desconhecido de algo que ele não está acostumado no seu dia-a-dia.

Fonte da Imagem: Galeota

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano

Em 1968, a Assembléia Geral das Nações Unidas (ONU) após analisar os problemas ambientais que afetavam o mundo, resolveu convocar os países para uma conferência que discutisse aos efeitos da ação humana sobre o ambiente em que vive.

Em junho de 1972, a ideia se fortaleceu e a ONU realizou a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente. Contou com a participação de representantes de 113 países, 250 ONGs e organismos da ONU.

A conferência alertou as nações sobre os severos riscos que estavam sendo criados para o bem estar e sobreviência humana, devido a degradação da natureza.

Ficou claro uma rachadura entre o público presente: de um lado, países desenvolvidos que estavam preocupados com os efeitos da devastação ambiental sobre a Terra; de outro lado, países em desenvolvimento que argumentavam miséria, problemas de moradia, saneamento básico, doenças infecciosas e que precisavam desenvolver-se rapidamente. Não aceitavam e questionavam os países ricos que já haviam atingido o auge do desenvolvimento industrial, causando impactos descontroladamente querendo penalizar os países pobres por isso.

A conferência produziu a Declaração sobre o Meio Ambiente Humano, princípios de comportamento e responsabilidade que deveriam nortear as decisões sobre questões ambientais.

Outro resultado foi o Plano de Ação que convocava todos os países, os organismos das Nações Unidas e Organizações internacionais a buscarem soluções aos problemas ambientais.

Os resultados seriam discutidos na II Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, no Rio de Janeiro em 1992, assunto do próximo post.

Fonte da imagem: Arrastão

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Blog Action Day 2009 - Mudanças Climáticas

Sensibilizados e comprometidos com o ambiente aderimos a campanha: "Blog Action Day". Um evento anual que une blogueiros de todo o mundo postando mensagens sobre o mesmo assunto num mesmo dia nos seus próprios blogs, com o objetivo de provocar uma discussão em torno de uma questão de importância global - Mudanças Climáticas.

Analise a imagem abaixo e complete a frase:


Professor, parabéns pelo seu dia!

Pequenas reflexões:
  • É dando que se recebe, tente chegar na sala sorridente e dizendo bom dia. Experimente!
  • Comentar outros assuntos que não estão pautados no conteúdo também é ensinar. Dicas para o cotidiano são muito bem vindas pelos alunos;
  • carregar uma garrafa d'água é imprescindível para a hidratação das cordas vocais e equilíbrio dos sais minerais no organismo;
  • para quem gosta de usar jaleco, vale a dica: não suja a roupa, e você está sempre vestido adequadamente;
  • Usar um creme para as mãos facilita lavá-las após o uso do giz e as mantém hidratadas;
  • no intervalo é bom falar coisas alegres e saudáveis, evite páginas sangrentas de jornais;
  • comer durante o intervalo é importante. Repõe as energias e diminui a fome no almoço ou no jantar. Um lanchinho só heim...
  • Aponte talentos dos alunos, incentive-os. É agradável e os conquista com sinceridade.

#Sugestão: Crônica 294 - Meu professor inesquecível - por Maurício de Sousa

Acho que todos nós temos mais de um professor inesquecível. Para os bons e para os maus momentos da nossa história escolar. Mas sem dúvida um deles sempre aparece, nas recordações, cercado com mais carinho ou mais importância. Como aparece, para mim, a professora Iracema Brasil, de Mogi das Cruzes.

Dona Iracema era responsável por um curso preparatório para o ginásio, depois dos primeiros quatro anos do chamado grupo escolar, e me pegou muito caído devido aos problemas que tive no último ano do "primário". Eu tirei o diploma passando de ano por “um fio”, depois de ter feito os primeiros anos do grupo escolar com algumas das melhores notas da escola. Mas no 4º ano não deu. Havia uma indisposição entre eu e a professora de então que redundava em notas baixas, pouca vontade de estudar, indisposição para ir à escola. Uma tragédia!

Eu simplesmente estranhava a maneira dura, severa demais, da minha professora de 4º ano e o corpo e o cérebro reagiam.
Até que cheguei ao curso de Dona Iracema e meu mundo escolar ganhou cores. Além da simpatia e compreensão, ela nos incentivava com palavras e gestos.

Assim que descobriu que eu gostava de desenhar, sugeriu que minhas lições de casa poderiam ser ilustradas, coloridas, como eu quisesse. Eu levei a sério a sugestão. Cada lição, a cada dia, vinha com desenhos, ilustrações, cada vez mais caprichadas, a ponto de, quando eu chegava à sala de aula, antes da professora, todos os colegas se reuniam em volta de mim para ver meus desenhos.

Naturalmente tanta arte e cuidado mereciam uma lição bem feita e voltei às melhores notas, disputando com mais dois colegas o posto de primeiro da classe. Eu levava a vantagem do desenho. Mas meus "oponentes" eram feras, também.

Resultado: entrei no ginásio com a segunda melhor nota de quase 200 candidatos. Graças à suavidade, psicologia e didática de Dona Iracema Brasil, que agora, merecidamente, é nome de escola em Mogi das Cruzes e minha professora inesquecível, de coração.

#Sugestão:
Provérbios 4-7 A sabedoria é a coisa principal; adquire, pois, a sabedoria; sim, com tudo o que possues adquire o conhecimento.



_______________________________
Bióloga Vaneide Araújo


Imagem: Mônica

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Dois paradigmas na educação

Recebi estas duas imagens em um e-mail, achei interessante postar aqui, pois acredito que elas retratam bem o momento em que passamos e que tem gerado muitos debates.

Analise...

Sala de aula unidirecional (um - todos)

Sala de Aula interativa (todos - todos)


Reflexão: "Fazer educação online não é o mesmo que fazer educação presencial ou a distância via suportes tradicionais. Isso exige metodologia própria que pode, inclusive, inspirar mudanças profundas no modelo de transmissão que prevalece na sala de aula presencial 'infopobre'.

Esse trecho é do texto citado acima. Você concorda? Qual a relação entre as imagens e sua atividade em sala de aula? Como está hoje a relação professor-aluno nas escolas da rede pública, ou mesmo privada?

Veja melhor a imagem no texto: Professor online em sintonia com a cibercultura, com o hipertexto e com a interatividade.

E agora? Não tenho tempo!

"15 minutos... 15 horas... Numa sala de cirurgia os melhores cirurgiões fazem o tempo voar. Fora da sala de cirurgia porém, o tempo tem prazer em nos espizinhar. Mesmo no mais forte de nós ele parece pregar peças, indo mais devagar... assombrando... até congelar nos deixando preso no momento... incapazes de seguir numa direção ou na outra." (Grey's Anatomy)

É comum dizermos que não temos tempo! Que o dia bem que poderia ter mais que 24 horas, trabalhamos tanto e quase sempre algo ainda será resolvido no dia seguinte...

Você também têm a sensação que o tempo está acelerado? Que as horas "voam"?! Ouço com frequência, no trabalho, as pessoas dizendo: já é final do ano, o ano passou e nem percebi, logo é natal... entre outras tantas frases de espanto.

Resolvi então publicar algumas definições e/ou conceitos de Tempo.

Regiliosidade
O tempo para Deus é diferente e aparentemente não corresponde diretamente ao tempo humano. (2 Pedro 3:8)

Mil anos diante de Vós são como o dia de ontem que se foi ou como uma vigília da noite. (Salmos 90:4)

A eternidade de Deus significa que ele transcende a todas as limitações de tempo.

Ciência
O conceito que a ciência tem do tempo sofreu várias mudanças ao longo da história. Podemos dizer que a primeira grande teoria é a que se denomina habitualmente de física clássica, e que Isaac Newton enunciou no seu livro "Philosophiae Naturalis Principia Mathematica".

Nela, o tempo é determinado pela relação entre a velocidade e o espaço percorrido.
Na escola, aprendemos isso sob a fórmula: v = e / t

Isso faz nos pensar que o tempo é uma magnitude absoluta, isto é, o tempo utilizado a completar uma viagem será o mesmo independentemente do observador que o meça.

Para Albert Einstein tempo não é absoluto, mas sim relativo e dependente do observador. Na sua teoria da relatividade dizia que há uma constante universal que é a velocidade da luz, a qual se mantém invariável. Por fim, ele afirmou que o espaço e o tempo estão intimamente ligados, e a gravidade tem uma influência direta no tempo.

Cultura
Nossa noção de tempo não está ligada apenas ao nosso íntimo – o tempo psicológico –, mas está relacionada também à cultura e à sociedade em que estamos inseridos. Percebemos sua passagem também a partir dos pontos de referência demarcados por outras pessoas. Esses pontos de referência evoluíram muito desde o início da humanidade. O tempo tem, portanto, uma história.

É por isso que devemos fugir da rotina, já que esta acelera o tempo. Como? Realizando as mesmas atividades, nos mesmos horários, você tende a entender, e o seu cérebro juntamente, que já fez tais "obrigações" e assim não percebe o tempo passar. Fazemos tudo tão mecanicamente que ao pararmos e notarmos o horário, ufa! Chegou a hora de ir...

Tchau hein... te espero na próxima postagem...

#FicaDica

Um Novo Tempo: Ciência Hoje

Fonte da Imagem: InforSide

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Biosfera Kids



Ana: Apesar de uma infância sem muitas opções de lazer e principalmente sem um lar estruturado, mantive minha curiosidade e ocupava meu tempo brincando no quintal. Criei lá meu "Cantinho de Ciências". O que era esse cantinho? Eu ficava horas no quintal "cavucando" com pedaços de madeira à procura de "fósseis". Na minha imaginação as pedras e restos de animais (ossinho de frango e lagartixa) encontrados eram de grande valor. Colocava todos eles no meu Cantinho. No fundo já me estruturava para minha futura profissão: Bióloga!

Cíntia: Desde criança tive afinidade com a terra, havia algo que me atraía. Brincava muito no quintal gramado da minha casa e era a ajudante de jardinagem preferida de meu pai. Lembro-me de plantar tagetes, e torcer para secarem para colher e plantar suas sementes para ve-los florescer em maior quantidade. "Olha pai, como ta bonito meu jardim...". No apartamento, gostava de criar joaninhas e lagartixas. Quando fui fazer o vestibular, não tive dúvidas, queria cuidar do Planeta, pra que meus filhos, netos, sobrinhos e vizinhos, pudessem conhecer tudo o que conheci. Escolhi ser bióloga.

José Flávio: Nos primeiros 10 anos de minha vida, morei em uma casa pequena, mas com um quintal gigantesco, arenoso e cheio de plantas, as mais variadas e quase todas frutíferas. Muitas mangueiras, coqueiros, pitangueiras, um mini cafezal e ramas de mandioca. Brincávamos em meio à essas árvores como em meio a uma floresta. Na escola gostava bastante de participar das Feiras de Ciência que aconteciam, dessas a que ficou marcada na minha mente foi quando inventamos uma "Lama Milagrosa", essa prometia melhorar as faces das mulheres mais preocupadas com a beleza e juventude... Tudo lorota, vimos em uma revista e tentamos fazer igual, mas foi falha.

Renato: Como faço aniversário em Julho, a escola em que minha mãe foi me matricular não me aceitou na 1ª série, então fui matriculado na pré-escola. Tinha apenas 6 anos de idade e minha professora estava grávida de gêmeos, na visão de uma criança ela era imensa, alta e grande, fiquei intrigado e impressionado com aquela situação. Ela sempre dizia à minha mãe que eu era muito curioso e questionador, acho que meu interesse pela ciência estava apenas começando. Como diz a propaganda do Canal Futura: o que move o mundo não são as respostas, mas sim as perguntas.

Vaneide: Na minha infância aprendi que o egocentrismo tinha passagem rápida na minha vida, pois com 12 irmãos e poucos recursos é preciso ser criativo e saber diverti-se. Observar fenômenos era o meu forte científico. Eu curtia ver um dos meus irmãos fazer um furinho no banco de madeira e colocar pólvora (retirada do palito de fósforo) e dar marteladas para estourar. Como eu era pequena não fazia parte do processo. Queimar brinquedo velho de plástico ou mesmo pedaços de plástico, era uma sensação fascinate já que o fogo pingava quando eu supendia com um pedaço de madeira, ou galho, o brinquedo ainda em chamas. Meu Deus quanto perigo!! Que Deus guarde as crianças das traquinagens perigosas.

domingo, 11 de outubro de 2009

Links da Semana

via G1

CURIOSIDADES
Prêmio Nobel de Química
Floresta Tropical Fossilizada
Dieta especial ajuda na recuperação de pacientes com câncer
Nasa promove com sucesso choque na Lua
Faça você sua própria revista - Crianças

CHARGES
Todo mundo empulerado
Piratas de animais
Para o próximo Natal
Imposto Retido
Sonho ou Pesadelo - Obama

IMAGENS
Campanha contra Obesidade
Concurso de Fotografias tiradas com Microscópio
Imagens Marinhas

VÍDEOS
O Fim - Aquecimento Global
Novo Botijão de Gás

Hino do Aquecimento Global
SOS Florestas Tropicais

INTERESSANTES
A maldição do Nobel
Autismo, Esquizofrenia e Retardo Mental tem mesma base genética
Genoma Humano 3D
Brasil reciclou 91,5% das latas de alumínio em 2008
Atividades científicas para crianças

POLÊMICOS
Temperatura sobe a 400ºC em região da Jordânia
Evolução das espécies é caminho de mão única, diz pesquisa
Campanha pró-aborto de feto sem cérebro pressiona STF
Prêmio Nobel da Paz vai para: Obama


SITES/BLOGS
Agência DDA
Decodificando
Eco4U
Sítio A boa terra
Tratamento de água


BANNER




TECNOLOGIA
Para os fãs do Twitter
Chip que monitora genes
E-book Agenda 21

TWITTER
Eco4Planet
Eco4U

SUSTENTABILIDADE
Meio Ambiente - Reutilizando a água
Eco4Planet
Indústrias de plástico utilizam bagaço de cana-de-açúcar
Saco é um saco
Vamos mesmo ficar sem água?
Mistura de urina humana e cinza serve de fertilizante

sábado, 10 de outubro de 2009

Arte e Ciência

Esta semana participei da 3ª Mostra Cultural dos alunos da rede estadual de ensino, e fiquei encantado com as pinturas e esculturas, fiquei pensando na relação entre Ciência e Arte e notei que estamos mais ligados que pensamos.

A proximidade entre essas disciplinas pode ser traçada de muitas formas diferentes no decorrer da história. O escultor, pintor, engenheiro e cientista Leonardo da Vinci (1452-1519) afirmava que ciência e arte completavam-se constituindo a atividade intelectual.

Uma vez que você usa uma abordagem científica na arte ou emprega um método artístico na ciência, você na prática mostra que nenhuma barreira real existe”. Quem defende essa tese é a escultora americana Rhonda Shearer. Segundo o artigo “Arte e Ciência: Imagens e Contextos”, onde diz que a convergência entre arte e ciência pode ocorrer de várias formas. Nota-se que por um lado a ciência tem inspirado a produção de obras artísticas. Por outro, cientistas utilizam arte para ilustrar as suas descobertas. Watson e Crick utilizaram a arte para materializar a estrutura química da molécula de DNA elucidada em 1953, sob a forma de uma “escultura” formada por placas e hastes de metal. Esta descoberta marcou o início de uma nova era no campo da genética. Salvador Dali, artista plástico da escola surrealista, foi contemporâneo de James Watson e Francis Crick e manteve freqüentes contatos com eles. Fascinado pela estrutura do DNA como forma básica da vida, a inseriu em uma série de obras. Dali achava que a descoberta da estrutura do DNA seria a chave para a imortalidade, significava a “prova real da existência de Deus”.

Nos professores de Ciência/Biologia utilizamos muito dessa relação, pois mostramos muitas figuras, desenhos, esquemas, fotos entre outros, além de pedirmos aos nos alunos maquetes, modelos e moldes. Será que percebemos essa relação? Será que não seria interessante trabalharmos a tão falada e pouco utilizada interdisciplinaridade?

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Decifrando a Agenda 21

Na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento realizada em 1992 na cidade do Rio de Janeiro - Rio 92, a proposta de sustentablidade, nascida na Conferência de Estocolmo em 1972, foi consolidada como diretriz para a mudança de rumo no desenvolvimento.

Por meio da Agenda 21 Global, 179 países presentes assumiram o desafio de incorporar, em suas políticas públicas, princípios capazes de conduzi-los na construção de sociedades sustentáveis.

Como ficou definido na Rio 92, a Agenda 21 deve ser um processo participativo para planejar, decidir, gerenciar e avaliar a implementação de ações transformadoras de nossa economia, política, tecnologia, enfim, de nossa sociedade, para permitir que em cada localidade ou país possamos consolidar sociedades sustentáveis e respeitar o meio ambiente.

Para simplificar, em outras palavras, a Agenda 21, é um planejamento com compromissos que nós seres humanos temos que assumir para mudar nossa vida e as condições em que se encontra o Planeta.

"Toda mudança deve ser planejada para que ocorra da forma mais positiva possível".

#Valeapena: Incentivar seu aluno a pesquisar se a escola, comunidade e município possuem Agenda 21.

A Agenda 21 escolar é instituida pela Com-Vida, baixe aqui o manual.


video

Fonte da imagem: Banco do Planeta

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Dia das Crianças da Blogosfera


Venha você também para esta campanha!!
Saiba como participar no blog
Malvadas.

O que fazer no feriado?

Um feriado aproxima-se e o que você vai fazer? Já pensou? Esta em cima da hora.
Divertir, descansar, organizar, doar-se...o que não custa nada e pode trazer alegria e renovar as forças.
Com dinheiro ou sem dinheiro opções não faltam:
  • Viajar, ir para uma pousada, requer uma organização antecipada e um investimento econômico mais apurado para os mais organizados e exigentes;
  • Para os mais descolados existe mais tempo para tomar um rumo.... acampar pode ser uma solução agradável, se você gosta é claro;
  • Colocar a casa em ordem e descansar, facilita o cotidiano e torna as coisas bem mais fáceis;
  • Livrar-se de coisas que não são mais usadas , desocupa espaço e pode ajudar alguém;
  • Fazer um piquenique, coisa antiga? que nada! é uma opção barata. Há parques e praças que podem ser usadas para isso;
  • Fazer um multirão para ajudar um amigo é divertido, principalmente se depois rolar um churrasquinho;
  • Para quem anda negligenciando a família por causa do trabalho, e falta tempo esta é uma boa hora de se redimir. É só ser criativo! Mãos à obra sugestão de brincadeiras;
  • Muitas instituições religiosas tem nesta época retiros e encontros divertidos que não custam muito, para quem curte esta idéia é claro.
Estas dicas são óbvias, sabemos! Mas, pensá-las como uma opção viável vale a pena e não custa muito.

Sugestão: Sl. 17.22 O coração alegre serve de bom remédio, mas o espírito abatido virá a secar os ossos.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

As e-farsas no contexto escolar

O que você faz quando recebe uma corrente por e-mail? Essa pergunta faz parte da enquete do E-farsas.com um site especializado em desvendar e-farsas da internet.

Você sabe o que são e-farsas/lendas da internet/hoax?

Mesmo se você desconhece os termos acima, com certeza já recebeu alguma e-farsa, já que alguns e-mails circulam há anos e outros são mais recentes. Um bem atual é sobre a Gripe A, no qual a vacina é chamada de 'assassina' , você recebeu este e-mail? O que fez com ele?

Outro bem conhecido dos internautas fala sobre um rato que foi encontrado dentro de um sorvete do Mac Donalds, verdade ou mentira? E tem também a história do livro que circula nas escolas dos Estados Unidos, com um mapa onde a Amazônia não é mais chamada por este nome, sendo agora denominada FINRAF...Você conhece essas correntes? Poderíamos ficar horas falando sobre o assunto...ET morto no Panamá, misturar cerveja com limão mata, e por aí vai...

As e-farsas são sempre falsas ou podem ser verdadeiras?

Se você quiser saber mais, assista aqui dois vídeos interessantes:
E leia os textos:
Reflexão: Por que é importante conhecer sobre esse assunto? O aluno quando realiza pesquisas, sabe 'filtrar' essas informações? Quais e-farsas/lendas/hoax que podemos contextualizar com nossos conteúdos?

Imagem do post: Segredos da Informática

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Conceitos Físicos e a Economia de Combustível

É certo que o preço do combústivel está alto. O que ocasiona um leve desconforto nos motoristas, e uma incessante busca na redução de gastos. Ouvi algumas frases como: "não uso o ar condicionado todo dia porque gasta muita gasolina" ou "com a janela aberta é bom porque sinto o vento no rosto".


Mas se formos analisar essa situação de acordo com alguns conceitos físicos encontraremos possíveis soluções...

Em estradas federais, onde não há redução de velocidade com grande frequência e também não há paradas, é aconselhável o uso do ar condicionado, já que com as janelas abertas a força de arrasto será maior. Aquela agradável sensação do vento no rosto têm suas desvantagens, pois o vento se espalhará no interior do automóvel e exigirá mais trabalho do motor, que em outras palavras significa mais combustível sendo utilizado.


Mas quando estamos dirigindo em ruas, dentro de cidades, onde a velocidade não é tão alta podemos usar como estratégia de economia as janelas abertas porque o ar condicionado força muito a bateria.

Agora se você, como eu, mora em uma cidade com temperaturas elevadas, e precisa do ar condicionado, uma solução é antes de ligar o ar condicionado, deixar as janelas abertas para que o ar circule, após uns minutos fechar as janelas e ligar a ventilação e posteriormente a refrigeração. Desta forma, estaremos forçando gradativamente o motor.


#FicaDica

Apresentar assuntos considerados complexos pelos alunos de uma maneira diferenciada pode ser a saída para uma melhor aprendizagem. A Física é vista por muitos como algo ruim. Incorporando esses conceitos no dia-a-dia faz com que o aluno perceba a necessidade do conhecimento, provocando resultados positivos.

Um bom artigo: A Física do Automóvel

Imagens : AmilcarAmaral AutoEntusiasta

domingo, 4 de outubro de 2009

Links da Semana


CURIOSIDADES
Terremotos atinge Indonésia e provoca novo alerta de tsunami
Metabolismo Urbano
Ardi: Hominídeo de 4,4 mi
Semana Vegetariana: veja algumas receitas
Olhos: a janela da alma ou uma das portas de entrada da nossa memória
Por que não conseguimos provocar cócegas em nós mesmos?
Câmara aprova antecipação de feriados
Tsunami e Terremoto no Pacífico Sul
Tsunami, a onda gigante


CHARGES
Enquanto isso nas escolas...

O castigo: Ontem vs. Hoje
Mascote das Olimpíadas
Chegar cedo na escola
Temporais em cidades grandes
1 + 1 não é 2


IMAGENS
Inspiração Verde
As 10 plantas mais bizarras da natureza
O foguete mais alto do mundo
Publicidade: Pare de fumar
Turma da Mônica: Parabéns #RIO2016



VÍDEOS
Animação - WWF
Documentário Saindo da Lixeira


INTERESSANTES
Enem é adiado: prova furtada
Surras diminuem Q.I. das crianças

Qual a chave para criar o hábito de leitura entre os jovens
Baixe as provas do Enem 2009 e teste seus conhecimentos
A vírgula
Ig Nobel premia as bizarrices da ciência
As velhas ideias sobre as novas tecnologias


POLÊMICOS
Outro bicho raro pode atrapalhar Arco Metropolitano
Crânio atribuído a Hitler é de mulher
Falsos catalisadores e a poluição sonora
Copa do Mundo e Olímpiadas no Brasil
A lua cheia influencia no comportamento, no crescimento do cabelo...


SITES/BLOGS
E-educador
Sala de aula
Planeta Educação
Mão na terra

Rio 2016


BANNER
Vivência Pedagógica


TECNOLOGIA
Rede pública de banda larga custará R$ 1,1 bilhão

Antivírus da Microsoft - gratuito
O toque de celular que os mais velhos não conseguem ouvir
Carregue suas pilhas com energia solar
Nano-agricultura para tomates


TWITTER
Educação Ambiental
Instituto Educação


SUSTENTABILIDADE
Pneus podem virar casas
Velas de cera de abelha
Ursinho sustentável é feito de placenta
10 coisas que o aquecimento global pode mudar pra sempre
Tempestade gigante de areia


Related Posts with Thumbnails